Anúncio
in

5 novos benefícios APROVADOS pelo governo; veja se você recebe algum deles

Foto: Reprodução
Anúncio

O governo federal dará início em agosto aos benefícios incluídos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC), ou PEC das Bondades, como foi chamada pela equipe da Economia. Além de mudanças em auxílios já existentes, também foram criados novos programas sociais.

Dentre as novidades podemos citar o aumento no valor do Auxílio Brasil, que passará de R$ 400 para R$ 600, a ampliação do vale-gás nacional para 100% do valor médio do botijão de gás de 13 kg, bem como a implementação do auxílio para caminhoneiros e do benefício para taxistas. Veja a seguir mais informações sobre eles!

5 novos benefícios do governo federal que começarão em agosto

Anúncio

Milhões de brasileiros aguardam com ansiedade a liberação dos novos benefícios previstos na PEC das Bondades. Com duração de apenas 5 meses, as medidas vão começar em agosto e seguirão até dezembro de 2022. Confira:

1- BEm-Caminhoneiro

Anúncio

O Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (BEm Caminhoneiro) prevê beneficiar 900 mil caminhoneiros autônomos com repasses no valor de R$ 1 mil a partir do dia 9 de agosto. Como não foi possível iniciar os depósitos do benefício em julho, o governo pretende pagar duas parcelas no próximos mês, totalizando R$ 2 mil.

2- Benefício para taxistas

Anúncio

O Auxílio para Taxistas também foi confirmado pela PEC. Trabalhadores da categoria vão receber parcelas mensais que podem chegar a R$ 1 mil. O valor ainda precisa ser confirmado. O montante destinado ao projeto é de R$ 2 bilhões. Prefeituras dos munícipios já começaram a enviar os dados dos motoristas ao banco de dados do governo.

3- Auxílio Brasil

Anúncio

Cerca de 18 milhões de cidadãos recebem atualmente o Auxílio Brasil, que passará de R$ 400 para R$ 600 a partir do mês que vem. O programa substituto do Bolsa Família também teve o calendário antecipado em agosto (confira aqui). O montante total a ser gasto com a ampliação é de R$ 26 bilhões.

4- Vale-gás nacional

Anúncio

O governo também incluiu na PEC o aumento do vale-gás nacional, criado para ajudar famílias carentes na compra do gás de cozinha. O benefício terá um aumento, passando a valer 100% do preço médio do botijão de 13 kg vendido no país – até então, o repasse era de 50%. No mês de junho, o depósito foi de R$ 53, agora, a previsão é que ele gire em torno de R$ 120.

5- Alimenta Brasil

A medida prevê destinar R$ 500 milhões para a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares. Em seguida, os produtos adquiridos serão distribuídos às famílias que passam por dificuldade alimentar.

Anúncio