Anúncio
in

AUXÍLIO BRASIL de R$ 1.200 em agosto? Saiba se o governo vai pagar retroativo

Foto: Reprodução
Anúncio

A ampliação do Auxílio Brasil para R$ 600 mensais começa em agosto, conforme consta nas portarias publicadas pelo governo federal. Os documentos criam regras para pagamento do benefício turbinado, mas abrem espaço para dúvidas sobre retroativos.

Junto com o aumento no benefício, também foi criado o auxílio caminhoneiro de R$ 1 mil para transportadores autônomos do país. No próximo mês, os profissionais terão acesso a duas parcelas simultaneamente, sendo uma delas retroativa a julho.

Anúncio

Isso significa que cada caminhoneiro selecionado poderá sacar R$ 2 mil de auxílio a partir do dia 9 de agosto, quando está marcado o início do calendário.

Auxílio Brasil também terá retroativo?

Infelizmente, o processo não será o mesmo. Em portaria, o governo confirmou que não fará repasses retroativos do Auxílio Brasil de R$ 600, então as chances dos beneficiários do programa receberem R$ 1.200 de uma só vez não existem.

Anúncio

As publicações do Planalto também antecipam o calendário de pagamento de agosto, mas deixam claro que a antecipação não tem validade para os meses seguintes.

A ampliação de programas sociais ainda inclui o vale-gás de 100% do valor médio do botijão e um auxílio para caminheiros. Todos os benefícios estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Eleitoral, aprovada pelo Senado Federal no dia 14 de julho.

Novas inclusões

Anúncio

Outra possibilidade importante que vale a pena ser lembrada é a de uma nova inclusão em massa de beneficiários. O Ministério da Cidadania pretende utilizar os recursos da PEC para adicionar quase 2 milhões de famílias na folha de pagamento do Auxílio Brasil.

Para participar, é preciso ter inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), com renda familiar per capita de até R$ 210. No caso das famílias que não têm ao menos uma grávida, nutriz ou menor de 21 anos de idade na composição, o limite é de R$ 105 per capita.

Calendário de agosto

Anúncio

Os depósitos ocorrem de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do aprovado, veja as datas de pagamento em agosto:

  • NIS final 1 – 09 de agosto;
  • NIS final 2 – 10 de agosto;
  • NIS final 3 – 11 de agosto;
  • NIS final 4 – 12 de agosto;
  • NIS final 5 – 15 de agosto;
  • NIS final 6 – 16 de agosto;
  • NIS final 7 – 17 de agosto;
  • NIS final 8 – 18 de agosto;
  • NIS final 9 – 19 de agosto;
  • NIS final 0 – 22 de agosto
Anúncio