Anúncio
in

Auxílio Emergencial: veja como consultar o retroativo pela internet

Programa social criado durante a pandemia de Covid-19 beneficiou milhões de famílias com parcelas mensais.

Auxílio Emergencial: veja como consultar o retroativo pela internet - Foto: Reprodução
Anúncio

Milhões de famílias brasileiras ficaram sem renda durante a pandemia de Covid-19, que levou ao fechamento do comércio e consequente perda de postos de trabalho. A solução do governo federal foi criar o Auxílio Emergencial, programa que começou com parcelas mensais de R$ 600.

Leia mais: Vale-gás foi antecipado para setembro? Veja os próximos calendários

Anúncio

A iniciativa chegou ao fim ainda no ano passado, após meses de uma versão mais enxuta. Desde então, são grandes as expectavas pelo seu retorno, considerando que a situação econômica do país continua complicada.

De acordo com as informações do Ministério da Cidadania, não há chance de retorno do Auxílio Emergencial em 2022. Além da falta de verbas para um gasto tão amplo, o país também está em um ano eleitoral e a criação de novos programas é proibida por lei.

Consulta segue aberta

Anúncio

Embora os pagamentos tenham terminado para a grande maioria dos beneficiários, o portal da Dataprev segue aberto para consultas. O motivo dessa continuidade é que o governo liberou um lote retroativo de até R$ 3 mil para milhares de pais chefes de famílias monoparentais.

Esses homens que cuidam dos filhos sozinhos não puderam receber a parcela em dobro na época dos pagamentos, como ocorreu com as mães solo. O Congresso reparou a injustiça, e por isso foi necessária uma nova rodada de repasses.

Anúncio

O valor do retroativo variou entre R$ 600 e R$ 3 mil, de acordo com o mês de ingresso do pai no programa, considerando apenas as cinco primeiras parcelas. Quem começou a receber o Auxílio Emergencial em abril de 2020, por exemplo, teve acesso à quantia total.

Como consultar?

Para descobrir se foi um dos contemplados com o benefício retroativo, o cidadão deve entrar no site da Dataprev, o mesmo usado durante o programa. A diferença agora é que o acesso ao sistema só é permitido com uma conta gov.br.

Anúncio

Depois de fazer o login ou criar uma nova conta, é possível encontrar todas as informações sobre parcelas anteriores, como valores e datas de pagamento do Auxílio Emergencial.

Anúncio