Anúncio
in

Brasileiros esquecem R$ 562,9 milhões em bancos, mas ganham nova chance de saque

Foto: Reprodução
Anúncio

Com a crise econômica ainda latente no Brasil, atenuada com a subida da inflação, a renda dos brasileiros acaba ficando comprometida. A boa notícia é que milhares de pessoas podem ter “dinheiro esquecido” em bancos, mas sequer fazem ideia disso.

A bolada deixada para trás soma o montante de R$ 562,9 milhões, com origem no PIS/Pasep. Apesar disso, de acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência, ainda dá tempo de sacar o dinheiro do abono salarial em 2022.

Anúncio

Enquanto o Programa de Integração Social (PIS) é voltado ao trabalhador de empresa privada pela Caixa Econômica Federal, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) é repassado aos servidores de órgãos públicos via Banco do Brasil.

Qual o valor do PIS/Pasep?

Em ambos os casos, o valor mínimo de saque é de R$ 101 e o máximo de R$ 1.212. Os valores variam conforme a quantidade de meses trabalhados no ano-base 2020.

Anúncio

Para saber qual a quantia exata, basta multiplicar o mínimo pela quantidade de meses trabalhados. Veja a tabela PIS/Pasep completa abaixo!

Meses trabalhados em 2020 Valor do abono salarial
1R$ 101
2R$ 202
3R$ 303
4R$ 404
5R$ 505
6R$ 606
7R$ 707
8R$ 808
9R$ 909
10R$ 1.010
11R$ 1.111
12R$ 1.212

Quem pode sacar o PIS/Pasep?

Segundo as regras do programa, podem ter esquecido de sacar o abono deste ano os seguintes brasileiros:

  • Trabalhadores cadastrados no PIS/PASEP há pelo menos 5 anos;
  • Trabalhadores que exerceram ao menos um mês de atividade remunerada em 2020;
  • Trabalhadores que receberam remuneração média mensal de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Trabalhadores que estavam com os dados informados pelo empregador corretamente na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais).

Como sacar o PIS/Pasep em 2022 fora do calendário?

Anúncio

Para saber se possui dinheiro no PIS/Pasep, os trabalhadores devem consultar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital ou ligar para o número 158. No caso de abonos mais antigos, como referente ao ano-base 2019, a solicitação pode ser feita de duas formas.

A primeira é de forma presencial em uma das unidades do Ministério do Trabalho e Previdência e a outra via e-mail [email protected], na substituição das letras “uf” pela sigla do estado em que o trabalhador reside.

Anúncio

Importante lembrar que, em ambos os casos, o prazo final para o saque PIS/Pasep vai até o dia 29 de dezembro de 2022.

Anúncio