Anúncio
in

Conheça o benefício que concede parcelas mensais de R$ 1,2 mil

Foto: Reprodução
Anúncio

Famílias de baixa renda que precisam da assistência financeira do governo federal podem contar com o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O programa atende pessoas com deficiência de qualquer idade, além de idosos com 65 anos ou mais.

Leia mais: Nova leva de benefícios vai pagar vale-gás em julho? Veja calendário

Anúncio

O objetivo da iniciativa é garantir uma renda mínima para famílias de baixa renda. O valor da parcela mensal é de R$ 1.212, e os repasses são vitalícios, desde que o beneficiário continue atendendo todos os requisitos.

A seguir, conheça mais detalhes sobre o BPC e descubra como solicitar essa ajuda.

Quem tem direto ao BPC?

Anúncio

Como mencionado, idosos e pessoas com deficiência pertencentes a famílias de baixa renda têm direito ao auxílio. No caso do segundo grupo, a condição precisa ser comprovada mediante avaliação médica e social feita por um profissional do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

A deficiência deve ser de natureza física, intelectual, mental ou sensorial e de longo prazo (mínimo 2 anos), além de impossibilitar sua participação de forma plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com os demais. Além disso, a família do beneficiário precisa ter renda mensal de até ¼ do salário mínimo (R$ 303) por pessoa e estar inscrita no Cadastro Único e (CadÚnico).

Anúncio

Vale descer que, apesar de ser pago pelo INSS, o BPC não gera 13º salário ou pensão por morte para os pendentes do aprovado. O motivo é que o programa é assistencial e não previdenciário, ou seja, não exige contribuições à Previdência Social.

Como solicitar o benefício?

O requerimento do BPC pode ser feito nas agências do INSS, pelo telefone 135 ou por meio do site ou aplicativo Meu INSS. No app, o processo é bem simples:

  1. Acesse o app Meu INSS;
  2. Clique em ”Novo Pedido”;
  3. Digite o nome do serviço ou benefício;
  4. Selecione a opção desejada na lista;
  5. Informe os dados solicitados e prossiga com a solicitação.
Anúncio

O processo de análise do pedido deve ser acompanhado na plataforma, onde o cidadão também pode conferir se foi ou não aprovado.

Anúncio