Anúncio
in ,

Conta de luz vai aumentar ou diminuir em setembro? Veja decisão da companhia de luz

Descubra qual foi a decisão da Aneel em relação à conta de luz para setembro: haverá aumento ou o valor terá redução. Saiba aqui!

Conta de luz vai aumentar ou diminuir em setembro? Veja decisão da companhia de luz - Foto: Reprodução
Anúncio

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou qual será a bandeira tarifária para a conta de luz dos brasileiros no mês de setembro. Considerando as condições favoráveis para geração de energia, será mantida a Bandeira Verde para todos os consumidores ligados ao Sistema Interligado Nacional (SIN).

Em suma, a Bandeira Verde proporciona redução na conta de luz. Este patamar segue vigente desde o dia 16 de abril, depois de um período com Bandeira de Escassez Hídrica que aumentou consideravelmente o valor das faturas energéticas dos brasileiros.

Para que servem as bandeiras de energia?

Anúncio

Esse sistema de bandeiras foi criado para ajudar na cobrança de tarifas extras sobre o preço da energia em caso de escassez, por exemplo. Há alguns meses, o país enfrentou momentos de dificuldade no fornecimento de energia à população. No entanto, os reservatórios voltaram a ficar abastecidos e a produção em alta.

Por essa razão, a Aneel decidiu que no mês de setembro não haverá custo adicional para a cobrança de energia. Com isso, a agência manteve as mesmas tarifas de meses atrás. Mas é importante destacar que no fim de cada mês são feitos cálculos para saber qual bandeira tarifária deverá ser aplicada no mês seguinte.

Anúncio

Em caso de falta de chuva, por exemplo, a taxa final pode aumentar. Até o momento, a previsão é de manutenção da Bandeira Verde até o fim do ano, tendo em vista que houve uma boa recuperação dos reservatórios nas hidrelétricas.

Bandeiras de energia elétrica

Para entender como é formado o preço final da conta de luz, veja a seguir os valores das cobranças adicionais de acordo com sua respectiva bandeira:

  • Bandeira Verde: aplicada quando há condições favoráveis de energia. Não possui cobrança adicional.
  • Bandeira Amarela: indica o alerta para condições pouco favoráveis. Neste caso, cobra-se R$ 1,874 a cada 100 kWh consumidos.
  • Bandeira Vermelha: aplicada quando as térmicas estão ligadas. Há dois patamares, sendo um de R$ 3,971 e outro de R$ 9,492 para cada 10 kWh.
  • Bandeira de Escassez Hídrica: é considerada a mais cara, com a cobrança de R$ 14,20 por cada 100 kWh consumidos.
Anúncio