Anúncio
in

Quando o salário mínimo vai subir? Pagamento de R$ 1.294 já tem data?

Em janeiro, o salário mínimo deve sofrer um reajuste. Se ele seguir o modelo dos anos anteriores, o valor seguirá com base na inflação de 2022.

Quando o salário mínimo vai subir? - Foto: Reprodução
Anúncio

O salário mínimo, assim como o nome sugere, diz respeito ao valor mais básico que deve ser pago para um funcionário em troca dos seus serviços para que ele consiga sobreviver acima da pobreza. Em teoria, o valor deveria permitir que o profissional vivesse com o mínimo mas também com dignidade e sem faltar nada em casa.

Veja também: É oficial: INSS divulga calendário de parcela única do 13º salário

Anúncio

Infelizmente essa não é nem de longe a realidade de muitos que vivem em nosso país. Não é de hoje que o Brasil paga uma quantia considerado muito baixa, mas a inflação só agravou ainda mais a situação do trabalhador.

O fato de o ano de 2023 estar chegando quase ao fim tem deixado as pessoas com a expectativa de que um aumento esteja encaminhado e que possa ajudar, mas não parece que isso vai mesmo acontecer. Recentemente foi divulgado aumento que fica um pouco acima da inflação, mas não teria nenhum impacto no poder de compra das pessoas.

Anúncio

Com esse pequeno aumento, o salário iria de R$ 1.212 para R$ 1.294. Esse número obviamente não deixou os cidadãos felizes, contudo ele pode não ser o valor final. Alguns cálculos feitos – levando em consideração tudo o que a inflação ainda pode causar até o final do ano – apontam que a quantia deve subir para acompanhar a mesma.

Dessa forma, a remuneração pode mesmo ter um novo aumento, ainda que pouco significativo. A previsão é de que passar dos R$ 1.300, mas em pouca coisa. Tudo irá depender dos levantamentos que ainda vão ser feitos.

Quando teremos certeza sobre o reajuste?

Anúncio

Se essa é uma dúvida que te incomoda, saiba que você ainda precisará ter uma quantidade razoável de paciência para obter alguma resposta, visto que o valor oficial da remuneração só é mesmo anunciado em janeiro. Sendo assim, tudo o que temos antes disso são apenas especulações baseadas em informações divulgadas pelo próprio governo, mas ainda assim não passam disso: boatos.

Eles não são obrigados a revelar nada antes, apenas a aumentar a remuneração ao ponto de que ela fique acima da inflação do ano vigente para que as pessoas não percam tanto poder de compra. Se atualmente o brasileiro tem pouco e o salário mínimo apenas acompanha a inflação, o trabalhador tem o mesmo poder de compra do ano anterior. Em outras palavras, tudo acabou ficando na mesma.

Anúncio

Na prática, nada realmente muda. O que pode acontecer é alguns profissionais na área da economia acabarem prevendo que a inflação deve dar uma recuada nos próximos meses. Sendo assim, tudo o que o trabalhador brasileiro pode fazer é torcer.

Anúncio