Anúncio
in

Salário mínimo: governo anuncia previsão para 2023 sem ganho real; conheça o valor

Foto: Reprodução
Anúncio

A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2023, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro, tem uma nova previsão para o salário mínimo do próximo ano. O documento estima que o piso nacional passará de R$ 1.212 para R$ 1.294 a partir de janeiro, reajuste de R$ 82.

A correção é de 6,7% e se baseia na estimativa para INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) de 2022. O indexador mede a inflação das famílias com rendimentos de 1 a 5 salários mínimos e é utilizado com base para o reajuste do mínimo.

Anúncio

Contudo, o último boletim macroeconômico do Ministério da Economia já prevê que a inflação deve ficar em 7,2%. Se isso se confirmar, o salário do país subirá para R$ 1.301,81 no próximo ano, aumento de R$ 89,81 em relação ao valor atual.

IPCA

O IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), considerado a inflação oficial brasileira, teve queda em julho. O resultado 0,68% é o mais baixo desde o início da série histórica, iniciada em janeiro de 1980.

Anúncio

O número foi puxado pelos combustíveis, que ficaram 14,15% mais baratos; e pela energia elétrica, que caiu 5,78%. Ainda assim, dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que o IPCA acumulado dos últimos 12 meses é de 10,07%, mais que o dobro da meta fixada pelo governo.

Aumento real

Desde o início do mandato do presidente Jair Bolsonaro, o governo federal não oferece aumento real aos brasileiros. O reajuste feito anualmente no salário mínimo apenas repõe a inflação para evitar perdas no poder de compra da população.

Anúncio

Até 2019, o novo piso nacional incluía, além do INPC, a taxa do PIB (Produto Interno Bruto) dos dois anos anteriores. A decisão de garantir aumento real foi extinta em 2020.

O salário mínimo é referência para a remuneração de 50 milhões de trabalhadores e beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). Segundo o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), o valor ideal para garantir todas as necessidades de uma família seria de R$ 6.338 em julho.

Anúncio