Anúncio
in

Tenha esta moeda de R$ 1 e consiga uma bolada de até R$ 8 mil

Foto: Reprodução
Anúncio

Está cada vez mais popular o hábito de colecionar moedas raras, principalmente pelos numismatas. Com a alta procura, alguns itens podem atingir cifras surpreendentes, como no caso da moeda de R$ 1 que pode valer até R$ 8 mil, dependendo do estado de conservação.

Para definir a raridade de uma peça, não basta ela ser só antiga, outros critérios também entram na balança, como raridade, condição da peça, valor artístico e cultural, se há defeitos de tiragem, etc. Veja a seguir um desses modelos que está fazendo a cabeça dos colecionadores!

Moeda de R$ 1 que pode valer até R$ 8 mil

Anúncio

Já pensou em conseguir uma verdadeira bolada apenas vendendo uma única moeda de R$ 1? Pois saiba que isso pode acontecer se a peça em questão tiver sido fabricada com os dois lados iguais.

Normalmente, uma moeda possui dois lados: a “cara”, que traz a face que representa a República, e a “coroa”, onde está a informação sobre o valor do dinheiro, neste caso o algarismo “1” e a palavra “real”.

Anúncio

Entretanto, no ano de 2008, alguns exemplares da tradicional moeda de R$ 1 foram emitidos de forma incorreta, com a cunhagem da coroa nos dois lados iguais. Chamada de “moeda bifacial“, o item não possui “cara”, mas duas “coroas”.

Confira a imagem do modelo abaixo:

Anúncio

Em um primeiro momento, a peça pode parecer falsa, mas pelo contrário: existem compradores que oferecem pequenas fortunas para quem encontrar esse “tesouro”. Ou seja, a moeda de R$ 1 bifacial está valendo uma nota (sem trocadilho) hoje em dia.

Apesar do alto valor que já chegou a ser oferecido por quem encontrasse a peça, é preciso considerar que nem sempre é possível chegar a cifras tão elevadas.

Anúncio

Tudo vai depender do estado de conservação da moeda e de quanto o colecionador está disposto a pagar. Por enquanto, não existe uma regra que defina o valor mínimo de venda pelo item.

Aqueles que encontrarem o objeto tão valioso, podem anunciá-lo em leilões, marketplaces (Ebay e Mercado Livre). Outra dica é acessar o site Brasil Moedas ou da Sociedade Numismática Brasileira (SNB) para mais detalhes de avaliação e venda dessa raridade.

Anúncio